Alerta e Informações

A GeoStar tem estado permanentemente a acompanhar a evolução do surto do novo Coronavírus Covid-19 e tem atendido às recomendações emitidas pelas entidades nacionais e internacionais competentes, designadamente a IATA (International Air Transport Association), pela Organização Mundial de Saúde (OMS), pelo European Centre of Disease Prevention and Control, bem como pela Direção Geral de Saúde e, igualmente, pela entidade aeronáutica nacional, ANAC.

Devo viajar?

Acompanhamos a situação ao momento e por isso temos em consideração toda a evolução do surto nos diversos países. De momento, e porque para a GeoStar os nossos clientes estão em primeiro lugar desaconselhamos todo o tipo de viagens, até porque o fecho de fronteiras e restrições de quarentena implementadas diariamente pelos vários países, poderão implicar uma permanência inesperada no destino ou dificultar o regresso a casa.

No entanto, daremos toda a assistência e apoio a passageiros que necessitem de o fazer, tomando todas as medidas de segurança que estão ao nosso alcance.

Estamos também completamente focados em dar assistência aos nossos clientes que se encontram em viajem e pretendem regressar, ou têm viagens marcadas e pretendem alterá-las.

Apoio e rede de lojas GeoStar

Fruto do Estado de Emergência Nacional e também do nosso Plano de Contingência Interno, cujo objetivo é proteger os nossos colaboradores e clientes, as nossas lojas estão encerradas para atendimento ao público.

Se tem uma viagem em fase de organização ou em curso numa das nossas lojas e necessitar de entrar em contato para esclarecimentos sobre a sua viagem consulte os horário e contatos atulizados em Lojas GeoStar

Se tem uma viagem em fase de organização ou em curso no nosso site e necessitar de entrar em contato para esclarecimentos sobre a sua viagem poderá utilize os seguintes meios:

Tel: +351 211 572 034

E-mail: reservas.online@geostar.pt 

Devido ao elevado número de solicitações, o nosso tempo de resposta poderá demorar mais que o habitual. Estamos conscientes da urgência da nossa resposta às suas questões e entraremos em contacto com a maior brevidade possível.

 

Recomendações para viajantes

Tendo em conta a forma de propagação deste vírus, existem algumas diretrizes que poderá ter em conta se for viajar, nomeadamente: evitar permanecer um longo período em locais com grande densidade ou passagem de pessoas. Outra medida é optar por fazer voos diretos para não ter de fazer escala em mais que um aeroporto.  Consulte-nos, pois as restrições fronteiriças e as exigências de quarentena à chegada são bastantes e crescem de dia para dia.

Já no destino o ideal é desfrutar dos espaços abertos e evitar espaços fechados que possam conter mais pessoas, como museus, cafés, centros comerciais, entre outros. Não é também recomendado o uso de transportes públicos, e aconselhamos a que leve consigo os contatos úteis que podem vir a ser necessários como o da Embaixada e dos serviços de saúde do destino para o qual vai viajar.

Para além destas recomendações é muito importante viajar com um seguro de viagens. Consulte-nos para saber mais informações sobre os seguros que dispomos para si, assim como as respetivas apólices e coberturas.

 

Deixamos-lhe ainda as recomendações estabelecidas pela DGS que deverá ter em conta:

• Lavar frequentemente as mãos, com água e sabão, esfregando-as bem durante pelo menos 20 segundos;
• Reforçar a lavagem das mãos antes e após a preparação de alimentos, antes das refeições, após o uso da casa de banho e sempre que as mãos estejam sujas;
• Usar, em alternativa, para higiene das mãos, uma solução à base de álcool;
• Usar lenços de papel (de utilização única) para se assoar;
• Deitar os lenços usados num caixote do lixo e lavar as mãos de seguida;
• Tossir ou espirrar para o braço com o cotovelo fletido, e não para as mãos;
• Evitar tocar nos olhos, no nariz e na boca com as mãos sujas ou contaminadas com secreções respiratórias.

As pessoas regressadas de uma área afetada devem estar atentas ao surgimento de febre, tosse e eventual dificuldade respiratória. Se surgirem estes sintomas, não se devem deslocar aos serviços de saúde, mas ligar para o SNS24 – 808 24 24 24, e seguir as orientações que lhes forem dadas.

Fronteiras e Quarentena

Suspensão de voos internacionais: Desde 18 de março de 2020 estão suspensos todos os voos internacionais quer para fora da União Europeia e de fora do espaço da União Europeia com destino a qualquer aeroporto nacional. 
Exceção: A suspensão em causa não se aplica aos países extracomunitários, nomeadamente: Canadá, Estados Unidos da América, Venezuela e África do Sul, bem como as ligações a todos os países de língua oficial portuguesa. No caso do Brasil as rotas serão restringidas a dois pontos: Lisboa – Rio de Janeiro e Lisboa – São Paulo.
Quarentena: Declarado Estado de Emergência desde dia 18 de Março

Alemanha 
Fronteiras: Desde 16 de março de 2020, o tráfego terrestre foi encerrado com os 5 Países com que faz fronteira.

Áustria 
Fronteiras: Desde 16 de março de 2020, o tráfego aéreo e ferroviário para Espanha, França e Suíça está suspenso.
Declaração médica: Os passageiros que tenham estado, nos últimos 14 dias, na província de Hubei, da China, na Coreia do Sul, Espanha, França, Irão, Itália e Suíça necessitam de apresentar uma declaração médica datada, no máximo, 4 dias antes da chegada à Áustria. A declaração médica tem de confirmar que a pessoa não está infetada pela Covid-19 e terá de ser emitida em Alemão ou Inglês.
A necessidade de declaração médica não se aplica a passageiros que estejam a viajar com passaporte Britânico, nem aos provenientes dos seguintes países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Irlanda, Islândia, Itália, Altiva, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polónia, Portugal, República Checa, Roménia, Suécia e Suíça.

Bélgica
Fronteiras: Totalmente fechadas desde dia 16 de Março

Bulgária
Fronteiras: Totalmente fechadas desde dia 16 de Março

Chipre
Fronteiras: Totalmente fechadas desde dia 16 de Março

Croácia
Fronteiras: Totalmente fechadas desde dia 16 de Março

Dinamarca
Fronteiras: Desde 14 de março, os cidadãos estrangeiros estão proibidos de entrar na Dinamarca.

Eslováquia
Fronteiras: Totalmente fechadas desde dia 16 de Março

Eslovénia
Fronteiras: Totalmente fechadas desde dia 16 de Março

Espanha
Fronteiras: Desde 16 de Março até ao dia 15 de Abril fronteiras terrestres controladas e apenas com prioridade para: entrada de cidadãos nacionais e titulares de autorização de residência; circulação de pessoal diplomático, Forças Armadas e Serviços de Segurança; Transporte de Mercadorias e Acessos a unidades de saúde.
Quarentena: Desde dia 15 de Março para todos os cidadãos do território nacional

Estónia
Fronteiras: Totalmente fechadas desde dia 16 de Março

Finlândia
Fronteiras: Totalmente fechadas desde dia 16 de Março

França
Fronteiras: Encerramento das fronteiras do Espaço Shengen fechadas por um período de 30 dias
Quarentena: Aplicada desde dia 18 de Março a todo o território nacional por um período de 15 dias

Grécia
Fronteiras: Totalmente fechadas desde dia 16 de Março

Holanda
Fronteiras: Totalmente fechadas desde dia 16 de Março

Hungria
Fronteiras: Totalmente fechadas desde dia 16 de Março

Irlanda
Fronteiras: Totalmente fechadas desde dia 16 de Março

Itália
Fronteiras: Desde 11 de março até 27 de março de 2020, todos os voos de e para Itália (entre os aeroportos portugueses e italianos) estão suspensos.

Letónia
Fronteiras: Totalmente fechadas desde dia 16 de Março

Lituânia
Fronteiras: Encerramento das fronteiras a cidadão estrangeiros desde 14 Março

Luxemburgo
Fronteiras: Totalmente fechadas desde dia 16 de Março

Malta
Quarentena: Todos os cidadãos que cheguem a Malta, independentemente da sua nacionalidade, serão obrigados a ficar em quarentena durante um período de duas semanas.

Noruega
Fronteiras: Desde 15 de março de 2020, está fechada a fronteira a cidadãos que não possuam autorização de residência na Noruega. Desde 16 de março de 2020, foi introduzido controlo temporário de entrada e saída na fronteira interna de Schengen.
Todos os cidadãos noruegueses que vivem ou trabalham na Noruega continuarão a ser admitidos no país. Serão fornecidas isenções para os cidadãos do Espaço Económico Europeu (EEE) e seus familiares que residam na Noruega. Também estão a ser preparadas isenções para os cidadãos do EEE que trabalhem na Noruega.

Polónia
Fronteiras: Desde 14 de março de 2020, estão suspensos os voos internacionais.

República Checa
Fronteiras: Desde 16 de março, os cidadãos checos não poderão sair do país. Adicionalmente nenhum estrangeiro (exceto residentes) poderá entrar na República Checa.


Reino Unido
Fronteiras: Totalmente fechadas desde dia 16 de Março por um período de 30 dias

Roménia
Fronteiras: Totalmente fechadas desde dia 16 de Março

Rússia
Não é permitida a entrada a: 1) cidadãos da China e cidadãos com passaporte de Hong Kong ou Macau, com exceção dos passageiros cuja residência é na Rússia; 2) a cidadãos Italianos; 3) a passageiros oriundos de Itália, com exceção dos cidadãos da Arménia, Bielorrússia, Cazaquistão, Quirguistão, Federação Rússia e a passageiros cuja residência é na Rússia;
Quarentena: passageiros que tenham estado na Alemanha, China, Coreia, Espanha ou França e que tenham planos para permanecer em Moscovo têm de informar por telefone. Devem permanecer isolados em Moscovo por um período de 14 dias ou pela duração da estadia caso esta seja inferior a 14 dias.

Suécia
Fronteiras: Totalmente fechadas desde dia 16 de Março

Turquia
Suspensão de voos internacionais: desde dia 22 de Março suspendeu as ligações aéreas com 46 países, incluindo Portugal e várias nações da América Latina, medida que tem como objetivo tentar limitar a propagação da pandemia de covid-19.

África do Sul
Fronteiras: Encerrou no dia 16 de Março 35 dos 52 postos de fronteiras terrestres

Angola 
Não é permitida a entrada: Desde 3 de março, os cidadãos provenientes da China, Coreia do Sul, Irão, Itália, Nigéria, Egito e Argélia estão proibidos de entrar em Angola

Cabo Verde 
Quarentena: Interdição desde 19 de Março a voos de 26 Países, incluindo Portugal até pelo menos 09 de Abril

Coreia do Sul
Quarentena: Obrigatória a quem entrar no País e seja proveniente do Continente Europeu

Emirates Arabes Unidos
Fronteiras: Suspendem voos de passageiros por duas semanas a partir 25 e Março e por duas semanas, de todos os voos de passageiros, incluindo em trânsito, devido à pandemia da covid-19.

Hong Kong
Quarentena: Obrigatória a quem chegar ao País durante 14 dias
Fronteiras: Fechadas com Macau e China por tempo indeterminado

Macau
Quarentena: Desde 17 de Março, encerramento de fronteiras a todos os viajantes do Continente Europeu, E.U.A, Canadá, Brasil, Egito, Austrália e Nova Zelândia.

Maldivas
Avisos: Considerando as crescentes restrições à entrada de cidadãos estrangeiros, o cancelamento progressivo de voos internacionais e o cenário global de pandemia devido ao COVID-19, é desaconselhado a realização de viagens às Maldivas.

Japão
Fronteiras: Restrição a Viajantes da Coreia do Sul, China, Irão e Itália

Israel
Quarentena: Desde 11 de março até 27 de março, é obrigatória a quarentena de 14 dias para todos os passageiros que desembarquem no país, obrigando os cidadãos estrangeiros a provar a sua capacidade de isolamento doméstico.

Brasil 
Fronteiras: Fecha fronteiras para cidadãos de Venezuela, Argentina, Bolivia, Colombia, Guiana Francesa, Guiana, Paraguai, Peru e Suriname
Quarentena: Declarado a 20 de Março o Estado de Calamidade Pública

Canadá
Fronteiras: Totalmente fechadas à exceção aos EUA

Cuba
Fronteiras: O Governo de Cuba anunciou que vai bloquear a entrada de não residentes da ilha durante um mês, a partir de 24 de Março, devido ao surto do novo coronavírus. Vai ser proibida a entrada a viajantes internacionais e proceder ao repatriamento de 60.000 turistas estrangeiros.

Estados Unidos da América
Fronteiras: Não podem ser transportados passageiros que tenham permanecido nos últimos 14 dias (incluindo trânsito/transferência) nos estados membros da UE e ou Espaço Schengen que compreende 26 estados europeus: Áustria, Bélgica, República Checa, Dinamarca, Estónia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letónia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Noruega, Polónia, Portugal, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Suécia, Suíça, Reino Unido e Irlanda.
Esta restrição não se aplica a: 1) passageiros de nacionalidade norte americana com passaporte dos Estados Unidos da América; qualquer cidadão estrangeiro que seja cônjuge de um cidadão dos Estados Unidos da América ou residente permanente legal; 2) qualquer cidadão estrangeiro que seja pai ou responsável legal de um cidadão americano ou residente permanente legal, desde que o cidadão americano ou residente permanente legal seja solteiro e tenha menos de 21 anos; 3) qualquer cidadão estrangeiro que seja irmão de um cidadão americano ou residente permanente legal, desde que ambos sejam solteiros e tenham menos de 21 anos de idade; qualquer cidadão estrangeiro que seja filho, filho adotivo ou ala de um cidadão americano ou residente permanente legal ou que seja um adotado em potencial que esteja tentando entrar nos Estados Unidos de acordo com as classificações de visto IR-4 ou IH-4; 4) qualquer cidadão estrangeiro viajando a convite do governo dos Estados Unidos para uma finalidade relacionada à contenção ou mitigação do vírus; 5) qualquer cidadão estrangeiro viajando como não-imigrante de acordo com um visto de não-imigrante C-1, D ou C-1 / D como membro da tripulação ou qualquer estrangeiro que viaje para os Estados Unidos como tripulação aérea ou marítima.

Argentina
Quarentena e declaração médica: Turistas provenientes de Portugal poderão viajar, caso haja transportes. Estarão obrigados a 14 dias de isolamento e ao preenchimento de uma declaração sanitária.

Links importantes a ser consultados antes de viajar

• CDC (Centre of Disease Control and Prevention)
https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/travelers/index.html
- informações atualizadas para viajantes

• Consulta do Viajante
https://www.consultadoviajante.com/viajantes.html
- ver “coronavírus”

• DGS (Direção Geral de Saúde)
www.dgs.pt/corona-virus
- para informação aos utentes no território nacional

• European Centre for Disease Prevention and Control
https://www.ecdc.europa.eu/en/novel-coronavirus-china
- informações atualizadas sobre o COVID-19, especifico para a Europa

• IATA (International Air Transport Association)
https://www.iatatravelcentre.com/international-travel-document-news.htm
- Informação atualizada sobre as restrições de entrada e saída de cada país (ver “coronavírus update”)

• John Hopkins CSSE
https://gisanddata.maps.arcgis.com/apps/opsdashboard/index.html#/bda7594740fd40299423467b48e9ecf6
- mapa com a distribuição dos casos COVID-19 atualizado ao minuto

• Registo do Viajante (Ministério dos Negócios Estrangeiros)
https://www.portaldascomunidades.mne.pt/pt/registo-do-viajante
- recomenda-se a todos os que vão viajar, que façam o registo antes da viagem. Também podem optar por instalar a aplicação no telemóvel

• WHO (Organização Mundial de Saúde)
https://www.who.int/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019
- para informações e recomendações oficiais ao nível mundial